» Abapa fecha convênio de cooperação técnica com o Sesc Barreiras

Nesta segunda-feira (9), a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) fechou um convênio de cooperação técnico com o Serviço Social do Comércio (Sesc) com o objetivo de compartilhar as instalações e os treinamentos desenvolvidos mutuamente pelas entidades. A partir de agora, os colaboradores e associados da Abapa poderão ter acesso à infraestrutura de lazer, recreação, e turismo e hospedagem nas unidades do Sesc em Salvador e no interior.

Para o gerente do Sesc Barreiras, Ismael Donato, o objetivo é que o Sesc maximize o potencial das suas instalações para que possa beneficiar cada vez mais pessoas em Barreiras e região. “Embora o Sesc seja destinado aos comerciários, prestadores de serviços e empregados das empresas de turismo, estamos ampliando por meio dos convênios com outras entidades a abrangência de atendimento do seu público”, afirma. Inaugurado em 2013, o Sesc Barreiras conta com uma estrutura de atendimento odontológico, ensino infantil e fundamental, e de um teatro com 310 lugares, galeria para exposições, biblioteca, parque aquático, quadro poliesportiva, dentre outros.

Dante a assinatura do convênio, o presidente da Abapa, Júlio Cézar Busato, reforçou a importância das parcerias para o desenvolvimento socioeconômico do oeste da Bahia. “Temos no Centro de Treinamentos um dos nossos principais pilares de atuação e estamos montando uma rede de parceiros para disponibilizar cursos e treinamentos aos colaboradores dos nossos associados. E o Sesc é mais uma que vem a somar nesta rede para levar mais atividades socioculturais e de lazer ao nossos funcionários e associados”, afirma. Também participaram deste encontro para o fechamento do convênio, o diretor-executivo da Abapa, Lidervan Morais, e a assistente da gerência do Sesc, Remila Paz.

Entidade Pública – Diante dos serviços prestados pela Abapa em Barreiras, a Câmara de Vereadores vai conceder nesta quarta-feira (11), a partir das 19h, o título de entidade pública possibilitando a renovação e o fechamento de novos convênios e parcerias com o município. Como instituição sem fins lucrativos, a entidade vem, desde a sua fundação em maio de 2000, desenvolvendo ações e estratégias para garantir o crescimento sustentável da produção de algodão gerando emprego e renda para a cidade e para o Oeste da Bahia. Destacam-se os programas fitossanitário de prevenção e combate a doenças do algodoeiro, proteção de nascentes, a recuperação de estradas vicinais e cursos e treinamentos para colaboradores da cadeia do algodão.

Assessoria de Imprensa Abapa