» Algodão produzido na Bahia será exportado pelo Porto de Salvador

No último sábado, 15/07, a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), realizou uma reunião  sobre a exportação do algodão produzido na Bahia pelo Porto de Salvador, durante o  XVI Anea Cotton Dinner, no Malai Manso Resort, com os principais envolvidos na cadeia de comercialização e logística do algodão.

Segundo o presidente da Abapa, Júlio Cézar Busato, a boa notícia é que no dia 17 de agosto,  será feita a exportação do algodão produzido na Bahia pelo Porto de Salvador,  o que anima os produtores da região,  que buscam  melhorar a logística e a competitividade do algodão baiano. “No passado, demos o primeiro passo, mas infelizmente não houve continuidade. Estamos agora, dando o segundo passo e torcendo para que consigamos dar um terceiro, que resulte na continuidade dessa exportação de algodão através do porto baiano. Acredito que dessa vez dará certo, pois no passado, os produtores, as tradings, os armadores, os embarcadores de algodão, tentaram resolver os problemas de forma isolada. Dessa vez , os interessados se uniram e estamos confiantes  que essa conquista será um marco na história”, disse Busato.

Marco Antonio Aluísio e Júlio Cézar Busato

Participaram da reunião além dos produtores de algodão, os representantes das empresas MSC (Mediterranean Shipping do Brasil), Louis Dreyfus, Tecon, Glencore, Intermar, Cargil, Ecom, CDI Cotton, OLAM, SLC Agrícola, Timbro Trading e Cofco Group.   “É com muito orgulho que  anunciamos a nossa primeira exportação de algodão pelo Porto de Salvador. Esperamos que essa exportação seja um sucesso e que os produtores baianos futuramente, tenham um canal de exportação viável”, comemorou o diretor geral da Eisa Interagrícola, Marco Antonio Aluísio.