Aula Inaugural marca início do Curso Técnico em Agropecuária

Publicado em: 7 de outubro de 2015
A cerimônia aconteceu no auditório do Centro de Treinamento, em Luís Eduardo Magalhães

A cerimônia aconteceu no auditório do Centro de Treinamento, em Luís Eduardo Magalhães

No último dia 02, sexta-feira, a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Universidade Federal de Viçosa (UFV), Prefeitura Municipal de Luís Eduardo Magalhães e Agrosul – John Deere, realizaram a aula inaugural do Curso Técnico em Agropecuária, no Centro de Treinamento Parceiros da Tecnologia, em Luís Eduardo Magalhães.

O presidente da Abapa, Celestino Zanella, agradeceu as parcerias e ressaltou aos alunos, a importância da busca pelo conhecimento. “O Curso Técnico em Agropecuária, é uma iniciativa das três entidades, que se empenharam para torná-lo realidade na vida de vocês. É um privilégio para a Abapa, participar desse projeto que agrega conhecimento, e que trará bons profissionais para o campo, que tanto precisa. Conhecimento é uma coisa extraordinária, e precisa ser compartilhado. A Abapa está pronta para agregar e colaborar para esta formação, mostrar o que temos nas fazendas, nas revendas, trazendo agrônomos, técnicos, para compartilhar o ‘algo mais’ que temos e que fará toda diferença nessa formação. O ‘algo mais’, voltado para maquinário, tecnologia aplicada, sementes, armazenagem, é essa parte que nos interessa sobremaneira”, destacou o Zanella.

O curso é gratuito, com duração de dois anos e será ministrado no sistema de Educação à Distância. “O curso Técnico em Agropecuária é voltado para a formação de profissionais que atuam nas atividades agrícolas e zootécnicas. Ao final do curso, os alunos deverão ser capazes de desempenhar atividades de implantação, execução, monitoramento e avaliação das diversas atividades do setor agropecuário, bem como assessorar profissionais de nível superior no mercado de trabalho, no qual a qualificação deve estar sintonizada com a realidade local e regional do agronegócio, das tecnologias adequadas e com as demandas geradas pelo setor produtivo”, destacou o representante da UFV e coordenador do curso, Hebert Lehner.

As aulas presenciais, acontecerão no Centro de Treinamento Parceiros da Tecnologia, projeto da Abapa, em parceria com a Agrosul – John Deere, que ficará responsável pela estrutura física e supervisão do programa, com objetivo de promover a devida capacitação dos alunos por meio de treinamentos específicos, que serão realizados ao longo do curso.

Primeira turma do Curso Técnico de Agropecuária

Primeira turma do Curso Técnico de Agropecuária

Parcerias – Durante a cerimônia, a gerente de Solução Integrada Agrosul, Bruna Lermer Oliveira, ressaltou a parceria da Agrosul com a Abapa, através do Centro de Treinamento Parceiros da Tecnologia. “O nosso intuito com a expansão e parceria com a UFV é aumentar ainda mais a capacidade do Centro de Treinamento. Trazer um novo parceiro, para uma área bastante necessitada. O oeste da Bahia tem a mais alta tecnologia disponível para se trabalhar nas fazendas, tanto no maquinário, quanto nas sementes, insumos, e demais produtos. Porém, conhecemos a nossa deficiência em mão-de-obra e conhecimento. Foi então, que junto com a Abapa, tivemos a ideia de disponibilizar conhecimento, e hoje, o Centro de Treinamento Parceiros da Tecnologia, é uma realidade com capacidade de formação de mais de 500 pessoas por ano, com instrutores exclusivos formados na John Deere”, disse Bruna.

O diretor da Agrosul, Rogério Rodrigues, destacou a importância da parceria para a empresa. “Temos no nosso plano estratégico o desenvolvimento profissional e pessoal dos nossos colaboradores e dos nossos parceiros. Temos há muito tempo, investido na educação. Quando se trata de educação, estaremos sempre juntos”, enfatizou Rogério.

Para o prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Humberto Santa Cruz, o curso Técnico em Agropecuária, chega para somar e fazer a diferença na educação do município. “Com essa parceria, estamos mostrando cada vez mais que temos que fazer da educação a nossa prioridade. Luís Eduardo é conhecido por fazer a diferença, são muitas as ações e surpreendemos também nas parcerias. Tirem o maior proveito desse curso, é uma realidade nova que se complementa com a Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), e todas as nossas ações na área de educação”, ressaltou Santa Cruz.

Curso Técnico em Agropecuária à distância – Segundo Hebert Lehner, o curso Técnico em Agropecuária, é uma tradição da UFV. “Nós temos mais de mil técnicos formados e uma ótima aceitação no mercado”, disse.  As disciplinas oferecidas para o curso incluem, entre outros conceitos, noções elementares de biologia e agricultura, estudos dos solos, técnicas de administração de agronegócios e criação de animais. Também fazem parte da grade curricular: economia rural; organização e gerenciamento rural; silvicultura; caprinocultura e apicultura; fitossanidade animal e vegetal; técnicas e métodos de plantio; bovinocultura de leite e de corte; legislação rural; noções genéricas sobre construções de residências rurais e zootécnicas; uso do GPS; topografia; máquinas e implementos utilizados na agricultura e zootecnia; alimentação de animais, bovinos, equídeos, suínos e aves; cuidados sanitários; produção de queijos e outros derivados do leite; produção de defumados; processamento da carne e engenharia rural. As atividades do curso serão distribuídas em aulas práticas e teóricas. O curso é dividido em quatro módulos semestrais. Ao final, é obrigatória a realização do estágio supervisionado com carga horária de 150 horas.

Além dos alunos do curso, participaram da cerimônia, o presidente da Abapa, Celestino Zanella; o prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Humberto Santa Cruz; o secretário de Agricultura de Luís Eduardo Magalhães, Carlos Koch; a secretária de Educação de Luís Eduardo Magalhães, Marli Cenci; o diretor da Secretaria de Industria e Comércio de Luís Eduardo Magalhães, Carlinhos Pierozan; a gerente de Solução Integrada Agrosul, Bruna Lermer Oliveira; o diretor da Agrosul, Rogério Rodrigues; o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Luís Eduardo Magalhães (ACELEM), Marcelo Piccolo; o gerente do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Antonyony Santana; o representante da UFV, Hebert Lehner; a representante da UFV, Paula Fernandes; o superintendente do Instituto Aiba, Helmuth Kiechofer; o diretor executivo do Sindicato dos Produtores de Barreiras, Sanny Aaron; e demais colaboradores da Abapa e convidados.

Na ocasião, a UFV e Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, também realizaram a aula inaugural do curso Técnico de Hospedagem.

Ascom Abapa

Compartilhar:
;