» Competição Internacional

O mercado brasileiro de algodão teve boa movimentação nos últimos dias devido à necessidade imediata de têxteis e ao interesse de comerciantes por novas compras, conforme pesquisas do Cepea. Dessa forma, as cotações da pluma continuam em alta. Entre 22 e 29 de junho, o Indicador CEPEA/ESALQ com pagamento em 8 dias subiu 1,84%, fechando a terça-feira a R$ 1,6423/lp. Na parcial de junho, o Indicador acumula alta expressiva de 7,82%. Os valores atuais são semelhantes aos do final de abril deste ano, os maiores (em termos nominais) desde 2004. Quanto à colheita, colaboradores do Cepea comentam que as atividades tiveram de ser suspensas em algumas regiões de Mato Grosso porque a fibra ainda está imatura.

Fonte: Abrapa