» Fundesis proporciona mais bem-estar para crianças e adolescentes de sete bairros de Barreiras que participam do projeto Cata-Vento

fundesis

Mais uma entidade de Barreiras foi contemplada pelo Fundo para o Desenvolvimento Integrado e Sustentável da Bahia (Fundesis). Desta vez, as unidades do Projeto Cata-vento, que atende mais de 690 crianças e adolescentes em sete bairros carentes da cidade, foram equipadas com utensílios e eletrodomésticos adquiridos com os recursos do edital 2015-16 do Fundesis.

Entre os aparelhos obtidos estão freezers, armários de aço, geladeiras, bebedouros, fogões, batedeiras e liquidificadores industriais, também utensílios de cozinhas, como bacias, panelas, talheres, baldes, entre outros equipamentos importantes para o funcionamento diário das instituições. Para a coordenadora do Projeto Cata-vento, Fátima Melo, essas aquisições contribuíram para a melhoria do atendimento das entidades.

“A situação das geladeiras, freezers, armários, entre outros, era bastante precária em todas as sedes do Cata-vento. O Fundesis possibilitou essa renovação e trouxe mais bem-estar para as crianças e jovens atendidos”, disse Fátima que ressaltou que todas as unidades receberam as doações de acordo com as necessidades de cada uma.

A cerimônia de inauguração aconteceu na última sexta-feira (18), no Cata-Vento do Conjunto Habitacional Rio Grande, e contou com a presença do presidente da Aiba e do Fundesis, Júlio Cézar Busato; da coordenadora do Fundesis, Makena Thomé; da gerente de negócios do Banco do Nordeste de Barreiras, Simone Tamasi; e da assessora da presidência da Aiba e produtora rural, Rosi Cerrato; além das gestoras das sete Cata-vento, pais e alunos atendidos pelo projeto.

“O Fundesis coleciona bons exemplos, como este, ao longo dos seus dez anos de vida. Foram 81 projetos financiados, 45 entidades beneficiadas, 13 municípios contemplados e mais de 50 mil vidas transformadas. Eu me sinto honrado em fazer parte desse trabalho e de dizer aos produtores rurais que contribuem que eles estão fazendo a coisa certa através dessa ação social que é o Fundesis”, ressaltou Busato.

Ascom Aiba