» Rally vai monitorar produção

O Rally da Safra começou nesta segunda-feira (31) nas lavouras estaduais para a realização do maior levantamento agrícola particular do país.

Além de Mato Grosso, mais 14 estados recebem as equipes de profissionais e de representantes das empresas patrocinadoras que avaliam quantitativamente e qualitativamente a safra 2010/2011 de soja, milho e algodão.

Esta é a 8ª edição da expedição e 3 equipes irão percorrer o Estado, inicialmente as lavouras da oleaginosa. De acordo com as previsões da Agrocunsult, que realiza o levantamento, 19 milhões (t) do grão serão produzidas nesta temporada, o que corresponde a um terço das 70 milhões (t) estimadas para o país.
O consultor André Debastiani explica que tudo aponta para uma produção com resultados positivos, tanto com relação à produtividade, quanto com referência a comercialização e preço. “As expectativas são boas. Os fatores climáticos apontam para uma boa produtividade e a queda de produção na Argentina deve manter os preços em alta no mercado internacional”.

A estimativa é de 60 sacas por hectare, mas o gerente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), Luiz Nery Ribas, avalia que é cedo para fazer projeções. De acordo com técnico, a incidência de ferrugem asiática, por exemplo, começa a aumentar neste período e se as chuvas aumentarem a colheita pode ser prejudicada.

A 1ª etapa do Rally se termina na 6ª (04).

Fonte: Abrapa