Chuva dificulta os tratos nas lavouras de algodão em Mato Grosso

Publicado em: 27/05/2020 às 10:31:37

O clima preocupa os produtores de algodão em Mato Grosso. Com o preço em alta, eles aumentaram a área plantada, só que no sul do estado a chuva dificulta os tratos na lavoura.

Há 15 anos, Vitor Vesz aposta no algodão no município de Campo Verde, região sul de Mato Grosso. Nesta safra, dobrou a área plantada na fazenda por causa do bom preço que a arroba do algodão está no mercado.

Ao todo foram cultivados mil hectares. Metade foi semeado em janeiro, o restante no período da safrinha, no fim de fevereiro. O plantio em períodos diferentes foi por causa do atraso da chuva. Quando ela veio, a planta se desenvolveu bem, mas agora preocupa.

A colheita do algodão começa no fim de maio. Na região de Campo Verde a chuva não tem dado trégua. Em uma propriedade, 260 hectares de algodão ainda não receberam os defensivos agrícolas. A conseqüência é máquina parada.

Com a folha molhada, a planta não absorve o produto e fica desprotegida, podendo desenvolver doenças e pragas. “Está atrasando tudo, aplicação de fungicida, que é muito importante, atrasando para aparecer lagarta, pulgão, bicudo. A gente fica muito preocupado porque poderemos ter problemas no futuro”, disse o agricultor.

Fonte:  Abrapa

Compartilhar:
;